Testemunho do Convívio Fraterno

Realizou-se em Fátima nos dias 14, 15 e 16 de Fevereiro de 2015 o Convívio Fraterno para Jovens da Diocese, da nossa comunidade paroquial participaram dois jovens: a Diana Paixão e o João Marrazes, depois de alguns dias para “assentar” as ideias e o coração, partilhamos o testemunho da Diana.

Quando me convidaram para ir fazer um convívio fraterno, na altura não sabia bem para o que é que ia. Pensei que iria passar 3 dias a rezar, a rezar… e achei que iria ser uma grande seca.
Felizmente percebi que não podia estar mais errada… Fiz uma das minhas maiores descobertas e estou grata a Deus por me proporcionar essa alegria…

Descobri ao longo destes três dias que existe Alguém que nos ama independentemente do que somos, das asneiras que fazemos, alguém que nos ama e que nos deu um Salvador para morrer por nós…
Descobri que temos de deixar de ser egoístas e pensar mais nos outros… Que temos de nos dar aos outros para encontrarmos a felicidade….Só somos realmente felizes se nos entregarmos aos outros.

Ninguém nos pede para fazermos tudo num dia…mas podemos começar por ajudar em casa, dar um sorriso de bom dia a quem passa por nós… Em suma, seguir a regra dos 3P: Pouco, Pequeno e Possível, ou seja, temos de fazer pequenos possíveis gestos que mesmo que parecem poucos podem fazer toda a diferença.

convivio_fraterno_2015

No nosso dia-a-dia temos de ter força e coragem para enfrentarmos as adversidades da vida, ninguém nos diz que a vida vai ser fácil, vamos cair muitas vezes, dar muitos trambolhões… mas por muito inacreditável que pareça é assim que vamos crescendo e aprendendo. É como uma criança, antes de aprender a andar cai muitas vezes e existe Alguém que a levanta e lhe dá forças para ela continuar a sua caminhada… Também nós temos esse alguém que puxa por nós e nos estende a mão, nós é que por vezes estamos demasiados ocupados e não lhe damos atenção e a devida importância nas nossas vidas.

Nunca pensem que é tarde para nos arrependermos pois como diz o ditado “mais vale tarde que nunca”, e por muito tarde que pareça Ele estás sempre lá para nós…

Acabando o meu testemunho, quero só deixar uma mensagem: “Fazer ou não fazer algo só depende da nossa vontade e perseverança porque a vida sem o amor   d´Ele não tem sentido.”

Diana Paixão

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s