Palavra do Senhor

(do Boletim Grãos de Areia de Fevereiro de 2015)

No Boletim de Janeiro falámos da presença de Deus na Missa na união fraterna. Agora quero refletir na presença de Deus na Sua Palavra.

A Palavra proclamada não é de quem a proclama, mas antes é sempre a Palavra do Senhor, a Palavra da Salvação.

A Palavra é sempre Palavra de Deus para mim. Antes de ouvir tenho de preparar o meu coração e dizer no íntimo de mim próprio como Samuel: “falai Senhor que o vosso servo escuta”. A Palavra não é para ouvir com os ouvidos, porque pode entrar por um ouvido e sair por outro. Mas a Palavra é para ser escutada com o coração. É aí que ela transforma a pessoa. É do coração do homem que nascem os pensamentos e daí os desejos e depois as ações. Por isso, se queremos deixar-nos transformar pelo Espírito de Deus, escutamos a Palavra, deixamos que ela entre no nosso coração.

Se a primeira condição para a Palavra produzir fruto em nós é sermos bons ouvintes, a segunda condição é que quem proclama a Palavra seja o primeiro a escutá-la, estudá-la para a entender corretamente, meditá-la, “comê-la”. Não basta saber ler, dizer bem as palavras e interpretar corretamente o texto, é preciso que a comunique com espírito porque antes foi comida, assimilada e tornada vida na pessoa de quem a proclama.

Quem tem a ousadia de subir ao ambão para proclamar a Palavra sem saber o texto que vai ler? Como pode admitir-se que o leitor faça a leitura errada só porque o livro não estava aberto na página certa? Não a leu antes para saber que não é aquela?

Os leitores das nossas celebrações têm de ter acesso às leituras com antecedência. Hoje com 20 euros por ano qualquer pessoa tem à mão as leituras de cada domingo com uma semana de antecedência e acompanhadas com um comentário devidamente autorizado.

Basta assinar o jornal diocesano “Presente”. Se algum leitor não tiver 20,00€ por ano para assinar o Presente, peça-me que eu pessoalmente lhos darei.

Não quero que a Palavra de Deus seja mal proclamada por causa de vinte euros por ano. Outras formas de ter a Palavra à mão: internet, missal popular … .

Os leitores para compreenderem o que leem têm possibilidade de frequentar as aulas de Bíblia lecionadas na Escola de formação Razões da Esperança.

Para além de conhecer, meditar e assimilar a Palavra é preciso lê-la alto e bom som. Pronunciar correta e claramente cada uma das palavras, com o cuidado de não “comer” as palavras ou as sílabas. Pronunciar bem, colocar bem a voz, não “fugir” do microfone, mas também não o “comer”. Fazer todo o possível para que os ouvintes não façam esforço para ouvir.

O leitor deverá colocar-se bem frente ao ambão, direito (em sentido), com a cabeça levantada de modo que os ouvintes vejam o rosto, a boca, os olhos, nem que para isso seja necessário colocar o livro na parte mais alta do ambão. O nosso rosto e os nossos olhos também exprimem, comunicam. No entanto devemos evitar levantar o livro do ambão, devemos procurar mantê-lo sempre pousado.

O salmo responsorial é um texto bíblico. Tanto pode ser cantado como lido. Quando lido, o leitor deverá repetir sempre o refrão com a assembleia, porque nem sempre é fácil de memorizar para repetir depois de cada estrofe.

Quando, por qualquer razão, tivermos dificuldade em pronunciar, em fazermo-nos ouvir, não tenhamos medo de suspender o serviço de leitor. Isto pode acontecer quando estamos roucos, ou constipados ou tivermos problemas de garganta.

Continuaremos no próximo boletim, se Deus quiser.

  1. Armindo
Advertisements
Esta entrada foi publicada em Formação com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s